Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006

Há uma historia por contar

Existem muitas histórias por contar mas nenhuma como esta. E esta história fala de dois irmãos e uma prima que sofreram a mais traumatizante, estranha e bizarra história.
Antes de mais faço um aviso: esta história é assustadora e por tenham cuidado para ela não vos acontecer.
Em 1986, numa noite gélida de Inverno, numa casa aquecida pela lareira que crepitava lentamente, ouvia-se um silêncio causado pelos sonos profundos de todos, todos excepto o pai. O pai estava quase a dormir mas continuava a espera da mãe que nunca mais chegava a casa, quando, vencido pelo sono das 3h da madrugada, decidiu ir dormir. Subiu as escadas, chegou ao quarto, deitou-se na cama feita sem sequer se preocupar com mais nada a não ser com a mulher quando começou a sentir umas gotas, do que parecia agua, a caírem do tecto para a sua cara. Sentiu-se incomodado e fez um esforço para abrir os olhos pesados. Quando os abriu ficou horrorizado! O que causava a queda daquelas gotas misteriosas? Aquelas gotas eram de sangue, sangue que caía da mulher colada ao tecto sem se saber como e a sangrar do ventre. Assim que o pai a viu, saiu um fogo dela que queimava a casa muito rapidamente. O pai fez sair o seu filho Sandro de 10anos, a sua sobrinha Sara de 5anos e o seu filho Samuel de 3anos da casa mas ficou lá encurralado.
O Sandro viu tudo acontecer, viu a mãe colada ao tecto e viu o fogo a começar pois quando acordou para ir a casa de banho, também foi dar um beijo aos pais. Assim começou a busca.
O Sandro sempre soube que só podia ser uma coisa sobrenatural que tinha causado tudo aquilo e por isso começou a procura da razão para isso ter acontecido. A Sara ajudava-o pois sempre gostara muito dos tios e o Samuel apenas crescera com vagas lembranças. Os três iniciaram uma busca por varias explicações, demónios, fantasmas, poltergiesters, modificações humanas que pudessem explicar o sucedido. A Sara e o Samuel por serem os mais novos tiveram tempo de ir a escola, arranjar vida e ao mesmo tempo aprender a serem guerreiros e inteligentes mas Sandro não. Sandro teve de crescer muito rapidamente. Não estudou mais, não fez mais amigos, teve de sustentar a prima e o irmão, teve de aprender a ser pai, mãe, irmão, primo e professor ao mesmo tempo. O Samuel sempre se afastou mais daquele tipo de vida ao contrário da prima por esta não o poder fazer mas iam sempre juntos as "caçadas". Só que um dia, a bem pouco tempo, os três desapareceram misteriosamente e ate agora não se sabe o que lhes aconteceu, não se sabe onde moram, não se sabe o seu contacto, não se sabe nada deles.
E é aqui que vos acabo de contar tudo o que sei. Se vos acontecer algo de muito estranho, eles, de certeza, que vos ajudarão.

escrito por Dark Angel...! às 20:13
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


"Pela morte vivemos, porque só somos hoje porque morremos para ontem. Pela morte esperamos, porque só poderemos crer em amanhã pela confiança da morte de hoje. Tudo o que temos é a Morte, tudo o que queremos é a Morte, é morte tudo o que desejamos querer." Fernando Pessoa. " It's hard to catch a falling star "

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

posts recentes

You're just like a pill: ...

Pessoa errada

Confissões de adolescente...

Sim ou não...?

Olhem, sabem que mais? Va...

A vida (trabalho para Por...

Saudades do passado, reco...

Estou melhor sem ti... (2...

Estou melhor sem ti...

Desilusao...

Morrerás sozinho...

Diz-me, sente-me, faz-me ...

Solidão

Nos meus sonhos...tu...

Tu...

Dark Angel...!

...

tudo...nada...porquê...?

gotas de chuva

tu...nunca mais!

...:::...

a estudar Gil Vicente- a ...

you...my dream boy...so m...

a folha de outono...1º di...

por ti

i'm trying to forget and ...

desculpa...:'(

A minha temperatura

Dia apos dia...

A minha pátria a minha ba...

Há uma historia por conta...

a janela do luar

a janela do luar

palavras pintadas

o teu eclipse

sem ti

...

faltas-me tu

um sonho

ola