Domingo, 13 de Abril de 2008

A vida (trabalho para Português)

Pouco vivi

Muito aprendi

Muito sofri.

Para mim, a vida

É um mistério.

Dizem-nos como viver

Mas será isso mesmo viver?

 

Pelo que aprendi,

"Mesmo triste, sorri".

Sermos falsos é uma moda

Uma maneira de viver.

Uma moda que nao passa.

Uma maneira de ser.

Somos todos iguais,

Queremos parecer diferentes.

Ensinam os pais

A verdade

(Verdade que nem eles dizem, que nem eles sentem).

Verdade que se distorce em falsidade

Verdade que nao é bem verdade.

 

Assim vivemos,

Na ilusão.

Na esperança da sinceridade,

Confundida com a verdade,

Que nao passa de imaginaçao.

 

A vida é assim para mim

E sempre será assim.

Pouco vivi,

Muito aprendi,

Por muito que critiquem,

Riam e gozem,

Sempre pensei e pensarei assim.


escrito por Dark Angel...! às 19:37
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


"Pela morte vivemos, porque só somos hoje porque morremos para ontem. Pela morte esperamos, porque só poderemos crer em amanhã pela confiança da morte de hoje. Tudo o que temos é a Morte, tudo o que queremos é a Morte, é morte tudo o que desejamos querer." Fernando Pessoa. " It's hard to catch a falling star "

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

posts recentes

You're just like a pill: ...

Pessoa errada

Confissões de adolescente...

Sim ou não...?

Olhem, sabem que mais? Va...

A vida (trabalho para Por...

Saudades do passado, reco...

Estou melhor sem ti... (2...

Estou melhor sem ti...

Desilusao...

Morrerás sozinho...

Diz-me, sente-me, faz-me ...

Solidão

Nos meus sonhos...tu...

Tu...

Dark Angel...!

...

tudo...nada...porquê...?

gotas de chuva

tu...nunca mais!

...:::...

a estudar Gil Vicente- a ...

you...my dream boy...so m...

a folha de outono...1º di...

por ti

i'm trying to forget and ...

desculpa...:'(

A minha temperatura

Dia apos dia...

A minha pátria a minha ba...

Há uma historia por conta...

a janela do luar

a janela do luar

palavras pintadas

o teu eclipse

sem ti

...

faltas-me tu

um sonho

ola